quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Mais uma "untold" história

Agora, é a vez de a vida secreta do agente mais famoso do mundo ser revelada. O documentário Everything or Nothing: The Untold Story of 007 vai adentrar aos bastidores da franquia mais longa da história do cinema (que iniciou em 1962, com Sean Connery, e prossegue até hoje, com Daniel Craig).

O diretor Stevan Riley teve acesso a porta-vozes da produtora responsável pelos filmes de James Bond e a um extenso material de arquivo para contar as batalhas e ameaças que envolveram o processo por trás das câmeras. O filme será lançado em outubro, mês em que se comemora 50 anos da saga, mas ainda não tem previsão de estreia no Brasil.

Confira a programação do Cine Nostalgia para o mês de setembro


Dia 01 às 15:30 filme " GILDA " ano - 1946 ( USA )
Dia 02 às 16:00 ( O MESMO FILME )
Atores - Rita Hayword, Glenn Ford e George Mac Ready
Diretor - Charles Vidor - Romance - 12 anos - 110 min.
 
Dia 06 às 15:00 filme " O GRANDE SEGREDO " ano - 1945 ( USA )
Atores - Gary Cooper, Lili Palamer e Robert Alda.
Diretor - Fritz Lange - Policial - 14 anos - 114 min.
 
Dia 07 às 15:00 filme " O HOMEM QUE QUERIA SER REI " ano - 1975 ( USA )
Atores - Sean Connery, Michael Caine e Christopher Plummer.
Diretor - John Huston - Aventura - 12 anos - 129 min,
 
Diia 08 às 15:30 filme " CORAÇÕES EM RUINAS " ano - 1939 ( USA )
Dia 09 às 16:00 ( O MESMO FILME )
Atores - Katherine Hepbum, Charales Boyer e John Beal.
Diretor - Phillp Moeller   - Romanace - Livre - 90 min,
 
Dia 13 às 15:00 filme " LOUCO DE AMOR " ano - 1949 ( USDA )
Atores - Os Irmãos Max, Hona Massey Veera Ellen e Marilyn Monroe
Diretor - David MIller - Comédia - Livre - 91 min.
 
Dia 14 às 15:00 filme " QUANDO EXPLODEM AS PAIXÕES " ano - 1959 ( USA )
Atores - Frank Sinatra, Gina Lollobrigida, Steve Mac Queen e Peter Lawford
Diretor - John Sturge - Aventura - 14 anos - 124 min.
 
DIa 15 às 15:30 filme " NUM DIA CLARO DE VERÃO " ano -1970 ( USA )
Dia 16 às 16:00 ( O MESMO FILME )
Atores - Barbra Streisend, Yves Montand, jack Nicholson e Bob Newhart
Diretor - Vincenti MInnelli -  Romance - 12 anos - 129 min.
 
Dia 20 às 15:00 filme " MINHA ESPERANÇA É VOCÊ " ano - 1963 ( USA )
Atores - Judy Garland, Burt Lancaster, Gena Rowlands e Steve Hill
Diretor - John Cassavetes - Drama - Livre - 103 min.
 
Dia 21 às 15:00 filme " ONDE COMEÇA O INFERNO " ano -1959 ( USA )
Atores - John Wayne, Dean Martin, Ricky Nelson e Angie Dikinson.
Diretor - Hoard Hawks - Faroeste - LIvre - 141 min.
 
Dia 22 às 15:30 filme " CARÍCIAS DE LUXO " ano - 1962 ( USA )
Dia 23 às 16:00 ( O MESMO FILME )
Atores - Doris Day, Cary Grant e Gig Young
Diretor - Delbert Mann - Romance - Livre  - 90 min.
 
Dia 27 às 15:00 filme " TINHA QUE SER VOCÊ " ano - 2009 ( USA )
Atores - Dust Hoffman, Emma Thompson
Diretor - Joel Hopkins - Drama - 12 aanos - 92 min.
 
Dia 28 às 15:00 filme " SUA ÚNICA SAÍDA '" ano - 1947 ( USA )
Atores - Robert Mitchum, Tereza Wright, Judith Anderson e Dean Jaggeer
Diretor - Raoul Walsh - Faroeste - 14 aanos - 101 min.
 
Dia 29 às 15:30 filme " A VIÚVA ALEGRE " ano - -1952 ( USA )
Dia 30 À ( O MESMO FILME )
Atores - Fernando Lamas, Lana Turne e Una Merkel
Diretor -Curtis Bernhardt - Musical - Livre - 105 min.

O Cine Nostalgia funciona no Teatro da Barra, em Salvador, na Rua Marquês de Caravelas, nº 50. O ingresso custa R$ 6. Informações: 71 3264-4163

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Ouça as sonoras completas feitas durante o debate Com ou Sem Edital






Faça filmes, com ou sem edital


Com ou sem edital, podemos fazer cinema. Foi essa a mensagem que o CUAL - Coletivo Urgente Audiovisual quis passar com a realização de um encontro no último dia 23 de agosto, no Solar Boa Vista, no bairro de Brotas, em Salvador. Como falou Luan Santana Marques, um dos integrantes do CUAL, o que se viu foi um embate entre gerações que muito explica a realidade atual do cinema baiano.

Vimos foi a turma do "EU fiz, EU faço e EU vou fazer" contra as do que choramingam. Pouco se concluiu em termos de ações práticas, o que era a proposta inicial do CUAL ao tomar essa iniciativa. Alguns realizadores presentes, como Fabiano Passos, que é sócio da produtora Maisum Filmes, apresentou a visão do que se espera fazer enquanto busca de caminhos alternativos, e é o que se trabalha dentro da proposta de trabalho do CUAL: fazer filmes, com o que se pode e o que se tem. Há meios para se produzir e "escoar" a sua produção, especialmente com a internet.

Criou-se uma cultura no nosso Estado de que ser independente é quase algo inviável ou intocável. Mas, apesar desses embates presenciados durante o encontro, enxergamos uma luz no fim do túnel, uma vez que se viu uma mobilização de pessoas interessadas em movimentar a cena do audiovisual na Bahia e, de certa forma, tentar acabar com as tais panelinhas (não foi um consenso geral, mas, sim: no fundo, há uma proposta nas entrelinhas).

O Solar Boa Vista é palco das mostras do CUAL e, dessa vez, abriu as portas para se debater caminhos de produção. É o primeiro de muitos que se vem pela frente e esperamos que muitos realizadores enxerguem o cinema como ele realmente deve ser enxergado: de forma coletiva. Francisco Gabriel Rego, outro integrante do grupo, destacou também que é a participação de um processo importante para o cinema baiano. É abrir o caminho, principalmente, para a produção independente e criar uma força-tarefa para evitar o fechamento de portas.

O CUAL é formado por: Álvaro Andrade, Bianca Muniz, Danilo Umbelino, Deise Valente, Francisco Gabriel Almeida, Luan Santana Marques, Marcus Curvelo, Ramon Coutinho e Rodrigo Garcia.

Veja o vídeo.   





sexta-feira, 24 de agosto de 2012

O primeiro de muitos

A galera do CUAL promoveu um debate importante ontem (quinta-feira, 23), no espaço Solar Boa Vista, sobre os caminhos para a produção cinematográfica alternativa. No entanto, apesar dos esforços, muito se falou e pouco se fechou. Alguns participantes pareciam estar ali para falar do que eles fazem ou fizeram, alimentando seus próprios egos. Outros demonstravam estar perdidos no mercado, sem saber aonde ir.

O debate foi salvo por contribuições ricas de alguns presentes, que propuseram ações práticas para a produção independente. Como o próprio CUAL disse, a ideia não era choramingar por espaço ou dizer o que fez ou o que não fez, mas sim pensar e levantar demanda sobre qual o melhor caminho para se produzir de forma independente e coletiva, proporcionando diversidade de visões e liberdade criativa.

Lógico, nosso Estado está pouco acostumado a promover debates dessa natureza, pois a maioria espera a mamata do governo. Mas a iniciativa merece atenção, pois pode se inaugurar uma nova era de discussões sobre o fazer cinematográfico na Bahia e também no Brasil. Já já, mais novidades.

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Produzir, com ou sem edital


Na madrugada, um computador e um desespero. Na calada da noite, um fusca e uma revolta. Dois personagens e uma angústia em comum: fazer cinema. Produzir cultura em nosso País não é tarefa fácil. Em nossa realidade baiana, pela qual temos o direito de falar, a situação parece se agravar. Quando falamos em cinema, então, aí é que fodeu. Mas dizem que tudo nessa vida tem solução. 

Por isso, o CUAL - Coletivo Urgente de Audiovisual está promovendo o encontro COM OU SEM EDITAL, nesta quinta-feira, 23, no espaço Solar Boa Vista, em Brotas, palco das mostras do grupo oriundo da Universidade Federal da Bahia. A proposta é promover um debate, entre realizadores e interessados em cinema, sobre as formas alternativas de se produzir audiovisual. 

O evento promete ser movimentado e o debate rico. A galera do CUAL pediu ainda para os realizadores que possuírem qualquer dispositivo de captura de imagens registrarem o encontro sob o seu ponto de vista. 

Agende-se

Com ou sem edital
Dia 23 de agosto, quinta-feira
19h30
Solar Boa Vista de Brotas

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Tudo real


Neste fim de semana, saiu, em vários veículos de comunicação, uma espécie de “teaser fofoqueiro” sobre o que seria o próximo filme de Lars Von Trier. O ator Shia LaBeaouf, que integrará o elenco, disse que fará sexo “de verdade” no trabalho que leva o título, em tradução livre, de Ninfomaníaca. Em se tratando de Lars Von Trier, tudo pode nos surpreender, positiva ou negativamente. 

O ator disse ainda que não só o sexo será “real”. No topo do roteiro, existe um aviso alertando aos atores que nenhuma ação será encenada. Aquilo que for “ilegal” será desfocado pelas câmeras. Como disse, em se tratando do diretor dinamarquês, não podemos afirmar que esse “real” é realmente real ou se é uma jogada de marketing do ex “Transformers”, que ainda afirmou não se encaixar mais em superproduções de Hollywood. Está em busca de novos desafios (?). 

E haja desafio ao lado de um dos grandes nomes do Dogma dinamarquês. Nesse fim de semana, o Telecine Cult exibiu o último filme de Von Trier, Melancolia. Não vale a pena descrever, mas vale conferir, assim como Anticristo, obra anterior a Melancolia, Dogville ou Dançando no Escuro... Todas em um apocalíptico tom real.

domingo, 19 de agosto de 2012

Confira os vencedores do Festival de Gramado


Encerrado neste sábado, 18, o Festival Cinema de Gramado escolheu o filme Colegas como o melhor longa nacional. Dirigido por Marcelo Galvão, o filme narra a história de dois amigos que têm Síndrome de Down. O pernambucano Kleber Mendonça Filho foi premiado como melhor diretor pelo filme O Som ao Redor.

Foto: Edson Vara/Pressphoto
Os vencedores dos Kikitos no Festival de Gramado 2012


Confira a lista completa:

Curtas-metragens

Melhor desenho de som
Gabriela Bervian ("Casa Afogada")

Melhor Trilha Musical
Marcos Azambuja ("Funeral à Cigana")

Melhor Direção de Arte
Iara Noemi e Gilka Vargas ("Casa Afogada")

Melhor Montagem
Di Melo e Gustavo Forte Leitão ("O Imorrível")

Melhor Fotografia
Bruno Polidoro ("Casa Afogada")

Melhor Roteiro
Marcelo Matos de Oliveira ("Menino do Cinco")

Melhor Atriz
Sabrina Greve ("O Duplo")

Melhor Ator
Thomas Vinícius de Oliveira ("Menino do Cinco")

Prêmio Especial do Júri
"A mão que Afaga", de Gabriela Amaral Almeida

Melhor Filme Júri Popular
"Menino do Cinco", de Marcelo Matos de Oliveira e Wallace Nogueira

Melhor Diretor
Gilson Vargas ("Casa Afogada")

Melhor Filme
"Menino do Cinco", de Marcelo Matos de Oliveira e Wallace Nogueira

Prêmio Canal Brasil - Melhor Filme
"Menino do Cinco", de Marcelo Matos de Oliveira e Wallace Nogueira

Longa-metragem Estrangeiro

Melhor Fotografia
Boris Peters e Larry Peters ("Leontina")

Melhor Roteiro
Eduardo del Llano Rodríguez ("Vinci")

Melhor Ator
Jorge Esmoris ("Artigas, La Redota")

Menção Honrosa
"Vinci"

Menção Especial
"Artigas, La Redota"

Melhor Filme Júri Popular
"Artigas, La Redota"

Melhor Diretor
César Charlone ("Artigas, La Redota")

Melhor Filme
"Artigas, La Redota"

Júri da Crítica

Melhor Curta-metragem
" Menino do Cinco", de Marcelo Matos de Oliveira e Wallace Nogueira

Melhor Longa Estrangeiro
" Artigas, La Redota", de César Charlone

Melhor Longa Brasileiro
" O Som ao Redor", de Kleber Mendonça Filho

Longa-metragem brasileiro
Melhor Desenho de Som
Kleber Mendonça Filho e Pablo Lamar ("O Som ao Redor")

Melhor Trilha Musical
André Abujamra ("Futuro do Pretérito: Tropicalismo Now!")

Melhor Direção de Arte
Zenor Ribas ("Colegas")

Melhor Montagem
Leyda Napole ("Jorge Mautner - O Filho do Holocausto")

Melhor Fotografia
Gustavo Hadba ("Jorge Mautner - O Filho do Holocausto")

Melhor Roteiro
Pedro Bial ("Jorge Mautner - O Filho do Holocausto")

Melhor Atriz
Fernanda Vianna ("O Que se Move")

Melhor Ator
Marat Descartes ("Super Nada")

Prêmio Especial do Júri
Breno Viola, Rita Pokk e Ariel Goldenberg ("Colegas")

Melhor Filme Júri Popular
" O Som ao Redor", de Kleber Mendonça Filho

Melhor Diretor
Kleber Mendonça Filho ("O Som ao Redor")

Melhor Filme
" Colegas", de Marcelo Galvão

sábado, 18 de agosto de 2012

Filmes latino-americanos têm exibição gratuita em Salvador


Em termos de variedade cultural, Salvador está a anos-luz atrás de muitas outras capitais do Brasil e mesmo do Nordeste. Por isso, algumas ações localizadas merecem ser destacadas, como é o caso do programa Cinema em Construção, do Instituto Cervantes. A partir desta segunda-feira, 20, serão exibidos filmes latino-americanos selecionados dos festivais San Sebastian e Toulouse, premiados em fase de produção e pós-produção.

Essas seleções tiveram como objetivo destinar apoio a esses filmes para eles serem finalizados. Concluídos, eles participam da rota do Cervantes, que, sem Salvador, fica localizado na ladeira da Barra. Na quarta-feira, 22, o diretor Ernesto Contreras, do filme Párpados Azules, participará de uma mesa redonda após a exibição de seu trabalho.

A programação segue até o dia 24 de agosto. Ah! E a entrada é franca, com acesso limitado ao espaço do local.  

Confira a programação:

Segunda-feira (20): "El baño del Papa" (Uruguai, 2007). Diretor: Enrique Fernández e César Charlone
Terça-feira (21):  "La punta del diablo" (Argentina, 2006). Diretor: Marcelo Paván
Quarta-feira (22): "Párpados azules" (México, 2007). Com a presença do Diretor Ernesto Contreras
Quinta-feira (23): "Rabia" (Chile, 2006) – 74min. Diretor: Óscar Cárdenas
Sexta-feira (24): "Una novia errante" (Argentina, 2006). Diretora: Ana Katz

Todos os filmes serão exibidos às 19h.