segunda-feira, 27 de junho de 2011

Morre o cineasta Gustavo Dahl

Redação


Morreu, neste domingo, aos 72 anos, o cineasta Gustavo Dahl, um dos grandes nomes do Cinema Novo. Dahl estava na cidade de Trancoso, na Bahia, e foi vítima de um ataque cardíaco fulminante.

O cineasta estava como gerente do Centro Técnico Audiovisual (CTAV), no Rio de Janeiro. Seu corpo será velado nesta terça-feira, a partir das 15h, no Salão Portinari do Palácio Gustavo Capanema, na capital fluminense.

Gustavo Dahl nasceu em Buenos Aires, mas se naturalizou brasileiro. Além de cineasta, atuou como crítico, sendo, no início de sua carreira, colaborador de inúmeros jornais e revistas no Brasil e no exterior. Em sua filmografia estão diversos curtas e os longas O Bravo Guerreiro (1968), Uirá: Um Índio em Busca de Deus (1973) e Tensão no Rio (1972). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário