segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

A estética do sertão de volta ao cinema baiano

Carlos Baumgarten


Glauber Rocha explorou como ninguém a temática do sertanejo nos cinemas, através de filmes como Deus e o Diabo na Terra do Sol e O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro. Agora, o cineasta baiano José Walter Lima se apropria do tema, focando em uma figura emblemática dentro da história do sertão. O longa-metragem Antônio Conselheiro: O Taumaturgo do Sertão, segundo informou a produtora VPC, está finalizado e o público poderá reviver um dos conflitos mais marcantes e devastadores do Brasil.

Considerado o santo do sertão, Antônio Conselheiro liderou a resistência contra a truculência dos coronéis, que logo o viram como uma ameaça política, um inimigo em potencial. No conflito, a famosa Guerra de Canudos, mais de 25 mil pessoas morreram, lutando pela esperança de conquistar dias melhores.

Dentro dessa proposta, o filme de José Walter Lima resgata um sentimento de brasilidade, que há muito não se via em nosso cinema. Agora, é esperar e torcer que Lima ultrapasse o maior gargalo da sétima arte brasileira: a distribuição. Só assim o seu trabalho poderá atingir, em cheio, o diversificado público do Brasil.

Outras informações, você pode conferir no site oficial do filme: www.antonioconselheiroofilme.com.br.     

Nenhum comentário:

Postar um comentário