domingo, 30 de janeiro de 2011

Sindicato dos Diretores premia O Discurso do Rei

Carlos Baumgarten


O diretor de O Discurso do Rei, Tom Hooper, foi o grande vencedor do prêmio do Sindicato dos Diretores, derrotando o outro favorito, David Fincher, de A Rede Social. Hooper foi reconhecido pelo seu trabalho no longa inglês, que lidera o número de indicações ao Oscar, com 12 nomeações.

A disputa para o Oscar se tornou ainda mais acirrada. Após ser consagrado no Globo de Ouro, A Rede Social parecia liderar as chances no principal prêmio de Hollywood. Na noite anterior ao Globo de Ouro, o longa de David Fincher já havia conquistado alguns dos principais prêmios do Critic´s Choice Award.

O rumo começou a mudar, quando O Discurso do Rei recebeu o prêmio do Sindicato dos Produtores. Logo em seguida, com o anúncio dos indicados ao Oscar, o filme de Tom Hooper saiu na frente com 12 nomeações, seguido pelas 10 de Bravura Indômita e apenas oito de A Rede Social. Nessa temporada pré-Oscar, restam ainda o Screen Actor´s, que será realizado hoje à noite, e o Bafta, que acontece no dia 13 de fevereiro.

Levando em conta tradições (que não é parâmetro para nada), sabe-se que é raro um filme com um número grande de indicações não levar, pelo menos, um dos principais prêmios (diretor, filme, ator/atriz e roteiro). Entretanto, o “empate técnico” entre duas das principais produções do ano passado mostra que o Oscar será polarizado, mas ainda está longe de ser definido.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário