terça-feira, 23 de novembro de 2010

Começa Festival de Brasília


Redação

A partir desta terça-feira, os holofotes de Brasília não estarão iluminando o Congresso ou o Palácio do Planalto. Todas as atenções estarão voltadas para a 43ª Festival de Brasília de Cinema Brasileiro, que acontece até o dia 29.

A Mostra Competitiva Nacional começa na quarta-feira, com exibição de filmes em 35 mm, e prossegue até o final do festival. Diariamente, serão exibidas duas sessões: a premier, às 20h30, com a presença das equipes e elencos dos filmes, e a reprise, às 22h30. As projeções acontecem no Cine Brasília.

A organização prevê a passagem de 70 mil pessoas pelo evento. Além da Mostra Competitiva, o público poderá conferir a Mostra Brasília, que evidencia produções locais. Ao todo, serão distribuídos R$ 555 mil em prêmios. A cerimônia de premiação acontece no dia 30 de novembro, no Cine Brasília.

Confira quem está na disputa da Mostra Competitiva:

Longas


A Alegria, de Felipe Bragança e Marina Meliande (RJ).
Transeunte, de Eryk Rocha (RJ).
Os Residentes, de Tiago Mata Machado (MG).
O Céu sobre os Ombros, de Sérgio Borges (MG).
Amor?, de João Jardim (RJ).
Vigias, de Marcelo Lordello (PE).


Curtas 



Cachoeira, de Sergio José de Andrade (AM).

Fábula das Três Avós, de Daniel Turini (SP).
Angeli 24 Horas, de Beth Formaggini.
Contagem, de Gabriel Martins e Maurilio Martins (MG).
Acercadacana, de Felipe Peres Calheiros (PE).
Braxília, de Danyella Proença (DF).
Matinta, de Fernando Segtowick (PA).
Falta de Ar, de Érico Monnerat (DF).
A Mula Teimosa e o Controle Remoto, de Hélio Villela Nunes (SP).
Café Aurora, de Pablo Polo (PE).
O Céu no Andar de Baixo, de Leonardo Cata Preta (MG).
Custo Zero, de Leonardo Pirovano (RJ). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário