terça-feira, 14 de setembro de 2010

Personagem fundamental

Carlos Baumgarten



A música no cinema, especialmente da metade do século passado para cá, passou a ter papel fundamental nas produções. Diretores como Stanley Kubrick e Alfred Hitchcock foram pioneiros na arte de tornar a trilha sonora uma personagem do filme e não um mero aspecto complementar. Afinal, quem não se lembra das notas agudas de Psicose (1960) na famosa cena do chuveiro, ou da fantástica utilização da Valsa de Strauss em 2001: Uma Odisseia no Espaço (1968).

Levando em conta essa importância da música, a Jornada Internacional de Cinema da Bahia está promovendo até amanhã o curso de Introdução à Música de Cinema, que se propõe a auxiliar o público na compreensão de alguns dos principais elementos que compõem a trilha sonora de um filme, desde a concepção até a realização e finalização. Cerca de 40 pessoas participam do curso, que iniciou no último dia 10.

A imporância da trilha sonora é tamanha que, quando bem composta, fica para sempre na memória do grande público. Compositores italianos fizeram história, nesse sentido, com trilhas insesquecíveis, a exemplo de Enio Morricone. O cinema italiano, diga-se de passagem, é o detentor das mais belas trilhas do cinema do século passado, com composições que beiram desde o sofrimento à esperança.

Alguns diretores preferem construir suas trilhas sem a utilização de composições e orquestras, apropiando-se de trabalhos já compostos. Um exemplo primoroso é o filme Os Bons Companheiros (1990), de Martin Scorsese. O longa conta a trajetória de um gângster de Nova Iorque, desde a sua turbulenta adolescência até o seu declínio, passando aí cerca de três décadas. Scorsese faz referência às épocas pelas quais perpassa trazendo clássicos, que vão das antigas baladas dos anos 50 ao rock rebelde dos anos 70.

Só para citar alguns exemplos do bom aproveitamento de uma trilha sonora que, hoje em dia, deve ser encergada como parte integrante e essencial para o impacto final de uma produção. Outras informações, no site da 37a Jornada Internacional de Cinema da Bahia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário