quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Filme de diretor brasileiro pode representar Espanha no Oscar

Carlos Baumgarten


O filme Lope, do diretor brasileiro Andrucha Waddington, pode representar a Espanha no Oscar do ano que vem, segundo o jornal El País. Além deste, integram a lista de pré-selecionados os filmes Celda 211, de Daniel Monzón, e También la Lluvia, de Iciar Bollaín. A escolha será anunciada no próximo dia 28.

Lope, cuja estreia nos cinemas brasileiros está prevista para 26 de novembro, é uma co-produção entre Brasil e Espanha que conta a biografia Félix Lope de Vega y Carpio, conhecido como Lope de Vega, um dos maiores poetas e dramaturgos espanhois, que viveu no século 16. 

O filme foi exibido no Festival de Veneza fora da mostra competitiva e anda recebendo críticas por parte da mídia espanhola. Segundo Waddingon, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, a má recepção dos compatriotas do poeta deve-se ao fato de um suposto preconceito, por conta de a co-produção com a Columbia Pictures ter sido feito com a filial brasieliro. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário