sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Festival do Rio traz vitrine do cinema nacional


Carlos Baumgarten

Se os festivais de Toronto e Veneza foram os tapetes vermelhos para muitas estreias mundiais, o Festival de Cinema do Rio é a área de luxo do cinema nacional. O evento iniciou ontem e prossegue até o dia 7 de outubro, onde serão exibidos mais 300 títulos, em cerca de 30 locais.

Aranldo Jabor marcou sua volta aos cinemas, justamente, nesse tradicional festival, com o filme A Suprema Felicidade. Entre os filmes que concorrem ao prêmio Redentor, estão Elvis e Madona, Diário de Uma Busca, Boca do Lixo, O Senhor do Labirinto, entre outros. No hall internacional, o filme de Sofia Copolla, Somewhere, está na lista.

Outras informações sobre o evento no sita: www.festivaldorio.com.br.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário